Streaming Full Movie Why Him? (2016)

Poster Movie Why Him? 2016

Why Him? (2016) HD

Director : John Hamburg.
Writer : John Hamburg, Ian Helfer, Nicholas Stoller.
Release : December 22, 2016
Country : United States of America.
Production Company : 21 Laps Entertainment, Red Hour Films.
Language : English.
Runtime : 111 min.
Genre : Comedy.

Movie ‘Why Him?’ was released in December 22, 2016 in genre Comedy. John Hamburg was directed this movie and starring by James Franco. This movie tell story about Ned, an overprotective dad, visits his daughter at Stanford where he meets his biggest nightmare: her well-meaning but socially awkward Silicon Valley billionaire boyfriend, Laird. A rivalry develops and Ned’s panic level goes through the roof when he finds himself lost in this glamorous high-tech world and learns Laird is about to pop the question.

Download and Watch Full Movie Why Him? (2016)

Do not miss to Watch movie Why Him? (2016) Online for free with your family. only 2 step you can Watch or download this movie with high quality video. Come and join us! because very much movie can you watch free streaming.

Watch and Download Movie Why Him? (2016)

Incoming search term :

watch full film Why Him? 2016, Why Him? 2016 Full Episodes Online, Why Him? 2016 English Full Episodes Online Free Download, film Why Him? download, film Why Him? online streaming, live streaming film Why Him?, Why Him? 2016 For Free Online, Why Him? 2016 English Episode, film Why Him? 2016 streaming, Why Him? 2016 movie, Why Him? 2016 English Full Episodes Watch Online, Why Him? 2016 movie trailer, Why Him? 2016 HD English Full Episodes Download, Why Him? 2016 Full Episode, download movie Why Him? 2016 now, Watch Why Him? 2016 Online Megashare, Why Him? 2016 Watch Online, watch full movie Why Him? online, Why Him? 2016 Episodes Online, Why Him? 2016 English Episodes Free Watch Online, Why Him? 2016 For Free online, Why Him? 2016 Online Free Megashare, film Why Him? 2016 online, Watch Why Him? 2016 Online Free putlocker, live streaming movie Why Him?, Why Him? 2016 HD Full Episodes Online, Why Him? 2016 Full Episodes Watch Online, Watch Why Him? 2016 Online Free Putlocker, Watch Why Him? 2016 Online Viooz, download full movie Why Him?, Watch Why Him? 2016 Online Free megashare, Why Him? 2016 Episodes Watch Online, Watch Why Him? 2016 Online Free Viooz, Why Him? 2016 English Episodes, trailer movie Why Him? 2016, Watch Why Him? 2016 Online Putlocker, live streaming film Why Him? 2016 online, download film Why Him? now, Watch Why Him? 2016 Online Free, streaming Why Him? movie, film Why Him? 2016 trailer, watch film Why Him? now, Why Him? 2016 English Full Episodes Download, Why Him? 2016 movie download, Why Him? 2016 English Full Episodes Free Download,

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Colgate choca em nova campanha contra desperdício de água

Muita gente por aí ama deixar a torneira aberta enquanto está escovando o dente. Mas, nesse pequeno ato, muita água é desperdiçada.

Colgate, pensando no momento em que está presente na vida de seus consumidores, decidiu criar uma campanha alertando para a falta de água e a necessidade de mudar seus hábitos.

Na imagem, feita para causar impacto e desconforto, um menino sujo e aparentando pobreza segura uma bacia na cabeça e “serve de pia” no banheiro, enquanto a torneira deixa a água correr.Campanha da Colgate

Acima, a Colgate deixou o seu recado: “o que você desperdiça em dois minutos é o que ele tem para viver por dois dias”.
Nos vídeos da campanha, a imagem de uma pessoa escovando o dente é posta junto de uma pessoa em uma região seca.

Fonte: Guilherme Dearo, de EXAME.com

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

McDonald’s cria nova embalagem prática para ciclistas

McDonald’s criou uma nova embalagem pensando em seus consumidores ciclistas. A invenção foi batizada de McBike.

Com o pacote, a pessoa consegue guardar todo o lanche (hambúrguer, batata frita e bebida) sem derrubar nada. Ele ainda vai pendurado no guidão na bicicleta.McBike

A invenção foi lançada primeiro em Copenhagen, na Dinamarca, e depois foi para Medellin, na Colômbia. O McDonald’s promete lançar, agora, em Amsterdã e Tóquio.

Ainda não há previsão de lançamento no Brasil. A criação é da agência Tribal Buenos Aires.

Confira o vídeo.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Garrafa inteligente indica quanto de água devemos consumir

A novidade em tecnologia para quem pratica atividades físicas ou simplesmente se preocupa com a saúde é uma garrafa inteligente que informa a quantidade ideal de água que você precisa beber.

Informações como peso, idade e nível de atividades físicas praticadas são inseridas em um aplicativo.Watch Full Movie Online Streaming Online and Download

“Trago”, como foi batizado o dispositivo, se conecta ao smartphone adquirindo esses dados e é capaz de medir e enviar metas de hidratação que se adequem a cada perfil."Trago", como foi batizado o dispositivo, se conecta ao smartphone adquirindo esses dados

O que chama a atenção é que a parte “smart” do dispositivo está na tampa, o que faz com que ela possa de adaptar a qualquer outra garrafa padrão de boca larga, normalmente usada por atletas.

O projeto, desenvolvido pelos irmãos americanos Jack e Davis Saltzgiver, ainda está em fase de arrecadação e já bateu a meta inicial de US$50 mil. O produto já está disponível para pré-venda pelo valor de US$39 (equivalente a R$120).

Fonte: Exame.com

Share this:


Share this page via Email


Share this page via Stumble Upon


Share this page via Digg this


Share this page via Facebook


Share this page via Twitter
Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Teste: você está viciado no seu celular?

Imagine a situação: você esqueceu o celular em casa ou a bateria está prestes a acabar e não tem como carregar. Se isso é motivo de ansiedade e nervoso, pode ser que você sofra de “nomophobia” (“no mobile phone phobia” ou “fobia do sem celular”), de acordo com os pesquisadores Caglar Yidirim e Ana-Paula Correia nos Estados Unidos.

Pai olha celular enquanto filho vê TV

Você não consegue desgrudar do celular? Teste, com um questionário feito por pesquisadores, como anda sua relação com o aparelho.

Eles descobriram que ficar sem o celular envolve uma série de medos – como medo de não poder se comunicar, da perda de conexão e perda de conveniência que a falta do celular causa. Depois de analisar 300 pessoas, os pesquisadores desenvolveram um questionário para avaliar como as pessoas se relacionam com o celular.

Ficar sem o celular, aliás, pode até atrapalhar nosso desempenho: outro estudo, da Universidade de Missouri, viu que ficar longe do celular causa ansiedade de separação, que aumenta batimentos cardíacos e pressão. Na pesquisa, as pessoas foram separadas de seus celulares e fizeram testes cognitivos e quebra-cabeças. O resultado? O desempenho delas era pior do que a das pessoas que fizeram os mesmos testes com o celular por perto.  

Agora que você já sabe disso, teste se você também sofre de nomophobia?

Responda (sinceramente) sim ou não para cada questão – embora alguns itens pareçam similares, há ligeiras diferenças no tipo de ansiedade causada. Ao final, você terá uma ideia do quanto a ausência do celular pode afetar seu estado de espírito.

1. Eu me sentiria desconfortável sem ter acesso constante a informações através do meu celular

2. Eu me irritaria caso não pudesse checar informações no meu celular quando quisesse.

3. Não poder acessar notícias (como acontecimentos, clima etc) no meu smartphone me deixaria nervoso.

4. Eu ficaria incomodado se não pudesse usar meu celular ou suas ferramentas quando eu quisesse.

5. Ficar sem bateria no celular me assustaria.

6. Se eu fosse ficar sem créditos ou meu pacote de dados fosse estourar, eu entraria em pânico.

7. Se não tenho sinal ou não posso conectar no Wi-Fi, checo constantemente para ver se encontro sinal ou rede de Wi-Fi.

9. Se não posso checar meu celular por algum tempo, sinto desejo de checá-lo.

Se eu não tivesse o celular comigo…

10. Eu me sentiria ansioso por não poder me comunicar instantaneamente com minha família e/ou amigos.

11. Eu ficaria preocupado porque famílias e amigos não conseguiriam falar comigo caso quisessem.

12. Eu ficaria nervoso porque não poderia receber mensagens de texto e ligações.

13. Eu ficaria ansioso porque não poderia me manter em contato com a família e/ou amigos

14. Eu ficaria nervoso porque não teria como saber se alguém tentou falar comigo

15. Eu ficaria ansioso porque minha conexão constante com minha família e amigos estaria interrompida

16. Eu ficaria nervoso porque estaria desconectado de minha identidade online

17. Eu ficaria desconfortável porque não poderia me manter em dia com as redes sociais

18. Eu me sentiria estranho por não poder checar notificações para atualizações das minhas conexões e redes online.

19. Eu ficaria ansioso por não poder checar meus e-mails.

20. Eu me sentiria estranho porque não saberia o que fazer sem o celular.

E aí? Está na hora de repensar a sua relação com o aparelho?

Fonte: Bárbara Nór, da VOCÊ S/A
Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Conar pede suspensão de campanha da Itaipava

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) orientou a Itaipava a retirar um cartaz de circulação pois, segundo o órgão, há “apelo excessivo à sensualidade”.

A propaganda faz parte da campanha “Itaipava 100%”, que traz a bailarina Aline Riscado como a personagem “Verão”.

A campanha vem gerando polêmica há algum tempo. Recentemente, uma situação no mínimo constragedora envolvendo a hashtag “#ficaverão” causou grande repercurssão nas redes sociais, quando a conta da marca estava respondendo aos tweets de forma automática.

A peça analisada pelo Conar mostra a bailarina segurando uma cerveja com o número 350 ml

escrito abaixo da bebida. Na outra mão, há uma garrafa com a mensagem 300 ml. Abaixo dos seios da moça, está escrito 600 ml e mensagem “Faça sua escolha”.

Com a decisão do órgão, os cartazes da campanha devem ser retirados de circulação, medida que o fabricante da cerveja declarou “respeitar e acatar”.

E você, o que pensa sobre essa medida? Compartilhe a sua opinião conosco através do comentários.

Fonte: exame.com

Nota do Blovog:

Pelo visto, a lei que restringia a sensualidade feminina em propagandas de cerveja deve ter caído por terra. O que mais vemos hoje é a exposição feminina na comunicação desses produtos. Beba com moderação. Mas que venha Verão.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

10 comerciais do YouTube que disputam prêmios em Cannes

Cannes Lions, o festival que premia o melhor da publicidade mundial, começa hoje (21) na França e vai até o dia 27.

No festival, os melhores campanhas de todos os cantos do mundo ganham o reconhecimento máximo da indústria da publicidade e do marketing.

O YouTube, aproveitando a deixa, divulgou sua lista Cannes to Cannes YouTube Ads Leaderboard 2015, que mostra quais de suas campanhas mais populares estão disputando grandes prêmios no festival.

Na lista, comerciais que nos últimos meses arrebataram críticas e figuraram em todas as listas de melhores, como a campanha “Like A Girl”, da Always; e a campanha “The Last Game”, da Nike.

Confira a seguir 10 grandes comerciais que podem sair premiados em Cannes:

1. YouTube

Uma campanha do próprio site, que fez uma retrospectiva de 2014.

2. Nike

Uma incrível animação da Nike feita para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

3. Turkish Airlines

Uma disputa entre Drogba e Messi para ver quem viaja – e come – mais.

4. Hyundai

Um documentário da montadora sobre mandar uma importante mensagem para o espaço.

5. Always

Um incrível experimento social sobre o que as pessoas pensam quando ouvem sobre “agir como uma garota”.

6. Samsung

Vídeo cheio de estrelas e efeitos especiais.

7. Clash of Clans

Para o intervalo Super Bowl, o game trouxe o ator Liam Neeson.

8. Ad Council

Campanha com o mote “o amor não tem rótulos” e discurso sobre diversidade e inclusão.

9. Air France

Uma produção fashionista e musical da Air France.

10. Adidas

Um vídeo motivador com grandes ícones do esporte, imagens de belas jogadas e times patrocinados pela marca.

Fonte: Guilherme Dearo, deEXAME.com.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

As 20 marcas mais valiosas do mundo em 2015

A WPP e a Millward Brown apresentaram, nessa semana, o ranking BrandZ de 2015, com as marcas mais valiosas do mundo.

O grande destaque do ranking foi a Apple, que tirou o posto de primeiro lugar doGoogleA empresa cresceu 67% em um ano e seu valor de marca atingiu 247 bilhões de dólares.Consumidor segura um iPhone 6 em exposição na loja da Apple na 5ª Avenida, em Nova York

Facebook é outro destaque: seu valor cresceu 99% em um ano. Foi o maior crescimento entre todas as marcas.

A gigante chinesa Alibaba, concorrente da Amazon, estreou no ranking desse ano já na 13ª posição – a empresa abriu seu IPO em setembro do ano passado (aquele que foi o maior IPO da história).

1. Apple – Valor de marca: 246.992 milhões de dólares.

2. Google – Valor de marca: 173.652 milhões de dólares

3. Microsoft – Valor de marca: 115.500 milhões de dólares

4. IBM – Valor de marca: 93.987 milhões de dólares

5. Visa – Valor de marca: 91.962 milhões de dólares

6. AT&T – Valor de marca: 89.492 milhões de dólares

7. Verizon – Valor de marca: 86.009 milhões de dólares

8. Coca-Cola – Valor de marca: 83.841 milhões de dólares

9. McDonald’s – Valor de marca: 81.162 milhões de dólares

10. Marlboro – Valor de marca: 80.352 milhões de dólares

11. Tencent – Valor de marca: 76.572 milhões de dólares

12. Facebook – Valor de marca: 71.121 milhões de dólares

13. Alibaba – Valor de marca: 66.375 milhões de dólares

14. Amazon – Valor de marca: 62.292 milhões de dólares

15. China Mobile – Valor de marca: 59.895 milhões de dólares

16. Wells Fargo – Valor de marca: 59.310 milhões de dólares

17. GE – Valor de marca: 59.272 milhões de dólares

18. UPS – Valor de marca: 51.798 milhões de dólares

19. Disney – Valor de marca: 42.962 milhões de dólares

20. Mastercard – Valor de marca: 40.188 milhões de dólares

Fonte: exame.com / Guilherme Dearo.

Manter uma marca em destaque nos veículos de comunicação por anos e anos é estar constantemente em  processo de sedução com o consumidor e, para isso, é necessário passar os valores do produto.

São vários os atributos que ela deve ter e o mais importante é a credibilidade.

Para uma marca ser vencedora, é preciso ter visão, metas e ações condizentes com o posicionamento que se deseja ter e manter um processo de avaliação e análises constantes.

As pessoas são naturalmente movidas pelo visual. Trabalhar a apresentação do produto, tanto na embalagem quanto com valores intangíveis, é a chave para convidar à experimentação. É quase impossível separar a marca da embalagem.

Exemplo Coca-Cola
Com o slogan “Abra a Felicidade”, a Coca-Cola sintetiza o que realmente quer associar à sua marca. A empresa está há mais de 125 anos presente na publicidade e há 70 no mercado brasileiro.

Saiba mais sobre o assunto.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Conheça algumas marcas famosas que nasceram como produtos militares e de guerra

Fonte:exame.com.

Muita gente não sabe, mas marcas famosas nasceram décadas atrás dedicadas ao setor militar e à guerra. Com o passar do tempo, adaptaram os seus negócios. Algumas não se importam em falar que começaram em tempos de guerra. Outras preferem apagar esse capítulo de suas histórias.

Jeep

Os Jeeps originais começaram a ser produzidos em 1941, para serem usados na Segunda Guerra Mundial.  Os veículos mais comuns do exército americano durante a guerra foram da marca Jeep.

Hugo Boss

Hugo Boss era do Partido Nazista da Alemanha e, em 1928, se tornou o fornecedor oficial de uniformes nazistas. Antes de ser uma grife de luxo respeitada no mundo todo, criou os uniformes do Partido Nacional Socialista, da juventude hitlerista, do Sturmabteilung (grupo paramilitar nazista) e da SS (Schutzstaffel, o exército nazista).Watch Full Movie Online Streaming Online and Download

Ray-Ban

O modelo mais famoso e clássico da  Ray-Ban é o Aviator. Ele foi criado, em 1936, a pedido da força aérea americana, que queria óculos escuros que reduzissem a náusea e as dores de cabeça dos pilotos que voavam em altas altitudes.

PorschePorsche

Porsche criou o Volkswagen Beetle (Fusca) a pedido de Adolf Hitler em 1938, que pediu um carro popular que pudesse ser vendido na Alemanha a preços baixos. O país tinha acabado de inaugurar a sua nova e extensa rede rodoviária.

FantaFanta

A Fanta foi criada por causa de um embargo comercial durante a Segunda Guerra. O xarope de Coca-Cola não chegava na Alemanha nazista. A Coca alemã, então, criou um novo refrigerante com o que tinha disponível no país: bagaço de frutas cítricas e soro de leite. O “Fantasie” só foi vendido por ali. Em 1955 a Coca lançou mundialmente a invenção, dessa vez como “Fanta”.

Adidas

Antes de existirem Adidas e Puma, existia a Dassler Brothers Sport Shoe, dos irmãos Adi e Rudolf. Em constante rivalidade, os irmãos ainda eram companheiros. A gota d’água veio na Alemanha sob bombardeio aliado durante a Segunda Guerra. Adi teria xingado os aliados: “Esses bastardos imundos estão de volta!”. Rudolf achou que era com ele. Os irmãos brigaram e cada um criou a sua marca esportiva. Adi, a Adidas. Rudolf, a Puma.

Motorola

Motorola começou como Galvin Manufacturing Corporation e fabricava baterias. Em 1940, por causa da guerra, criou o rádio portátil Handie-Talkie SCR536, essencial para a comunicação no campo de batalha. Era o início da companhia de celulares.

Duck Tape

 

Duct Tape

A Duct Tape foi criada pela Johnson & Johnson durante a Segunda Guerra Mundial. Os soldados precisavam de uma fita forte, flexível e à prova d’água. Tudo para reparar equipamentos, munições e maquinários.

Estas são algumas, entretanto, existem outras que você pode conferir aqui.

E se quiser saber quais os principais gafes do Marketing em 2014, clique aqui.

Share this:


Share this page via Email


Share this page via Stumble Upon


Share this page via Digg this


Share this page via Facebook


Share this page via Twitter
Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Case Granado: tradição e inovação podem caminhar lado a lado

Marca centenária conseguiu mudar a imagem e a percepção em relação aos produtos, sem abrir mão de seu DNA. De fabricante de talco, antiga farmácia conta hoje com extenso portfólio
Por Renata Leite, do Mundo do Marketing | 25/05/2015
renata.leite@mundodomarketing.com.br

Atravessar gerações e sobreviver a mais de um século de história não é fácil. Conseguir o feito combinando modernidade e tradição é um desafio extra. A trajetória da brasileira Granado mostra que é possível mesclar uma cultura voltada à inovação e, ao mesmo tempo, manter fincadas as raízes de uma companhia, embora a própria marca já tenha quase ficado esquecida no fundo da gaveta de consumidores mais maduros. Um processo de reposicionamento iniciado em 2005, entretanto, trouxe de volta os produtos para a mente das pessoas – das mais variadas idades -, deixando lições.

A companhia, fundada em 1870 como farmácia, é uma prova de que a tradição pode caminhar lado a lado com a inovação. A virada de chave da empresa, que durante anos ficou conhecida exclusivamente por seu talco antisséptico, ocorreu quando a gestão passou para as mãos do americano Christopher Freeman, após três gerações da família Granado permanecerem à frente dela. Em 2004, a Phebo foi incorporada à organização, bem como os produtos que fabricava. Três anos depois, novos itens começaram a ser desenvolvidos e acrescidos ao portfólio, como a linha Isabela Capeto, colônias e velas perfumadas.

Hoje, a linha Mamãe e Bebê é o carro-chefe da marca. As novidades foram introduzidas em roupagens modernizadas e muito mais coloridas, mas sem nunca perder o ar retrô, já que o passado é um importante ativo da Granado. “O polvilho foi criado em 1903 e permanece com a fórmula original até hoje. A embalagem que mudou. Antes, o logotipo da companhia não estava presente em todos os produtos, o que fazia com que o consumidor não soubesse que a fabricante dos itens era a mesma”, lembra Sissi Freeman, Diretora de Marketing e Vendas da Granado, que apresentou detalhes do reposicionamento da empresa durante o Circuito Mundo do Marketing de Tendências e Oportunidades para Inovar.

Chegada ao varejo
Os resultados apareceram. Em 2014, a marca faturou R$ 380 milhões, com ebtida de 20%. O salto aconteceu principalmente após a abertura da primeira loja, em 2005, no Centro do Rio. Em uma década, já são 40 unidades próprias, além de uma fora do Brasil, operando em Paris, dentro do Le Bon Marché há dois anos. A presença na Europa teve como efeito não só a geração de receita como também uma maior valorização da marca por muitos brasileiros – que deixaram de enxergar a Granado apenas como a marca do talco antisséptico.

Os pontos de venda remetem à historia da companhia, que nasceu como farmácia, ainda com “ph” no lugar do “f”. A primeira loja conceito da Granado foi inaugurada em 2005, no primeiro endereço da farmácia, no Centro do Rio de Janeiro. Aproveitando o rico acervo que a família Granado deixou, os atuais gestores foram capazes de manter a alma da marca. Vitrines originais, balanças, propagandas de época, quadros e algumas embalagens centenárias ganharam destaque na decoração. A parede de tijolos de demolição e a iluminação quente e indireta criavam o ambiente das farmácias do século XIX.

Na entrada da loja, os clientes são recepcionados por uma mesa de manipulação, hoje usada para exposição de novidades, como cremes, loções e sabonetes. A composição dos produtos continua sendo um diferencial, por usar formulações ricas em ingredientes naturais. Os sabonetes, por exemplo, não são feitos à base de banha animal, como os de concorrentes, o que explica o preço superior. Todas as lojas Granado seguem esse mesmo conceito retrô. Os produtos também estão à venda em farmácias e supermercados.

Criação interna
Em um primeiro momento, temeu-se que os pontos próprios fizessem concorrência com as varejistas que já comercializavam os itens da marca. O posicionamento das lojas impediu que isso acontecesse, já que as unidades se especializaram na oferta de kits presenteáveis e diferenciados. Elas foram, na verdade, importantes para a valorização do portfólio, a percepção dos produtos como premium e chegaram a aumentar as vendas nos supermercados e nas farmácias. A meta da companhia é abrir seis novos PDVs por ano, número que foi superado em 2014, quando houve 12 inaugurações.

Acompanhando o crescimento de demanda, a Granado investiu em uma nova fábrica, já em operação desde o início deste ano. A estratégia da companhia é manter 99% dos projetos sendo realizados internamente, seja de produção ou de idealização das embalagens e vitrines. Para isso, conta com uma equipe própria de designers, responsável por pensar os produtos, os rótulos e o merchandising como um todo.

Já a estratégia de divulgação não inclui ações de publicidade tradicional, mas sim a parceria com estabelecimentos que estejam dentro do conceito da marca, como hotéis cinco estrelas e spas. “Vendemos produtos premium para a família, com qualidade e preço justo. Buscamos sempre estar um passo a frente em relação à legislação, para atender às demandas dos parceiros, muitos deles pertencentes a redes internacionais. Tiramos os parabenos da composição dos produtos, por exemplo, porque há suspeitas de que esses químicos possam ser cancerígenos”, explica Sissi.

Parcerias estratégicas
As parcerias com empresas ou mesmo com nomes da moda, da arte e da decoração são hoje um importante trunfo da marca, mas nem sempre foi fácil atraí-los. O reposicionamento e o trabalho consistente foram fundamentais para conquistá-los. “No princípio, as pessoas se perguntavam: vou fazer parceria com a marca do talco, mas agora isso mudou. As lojas foram fundamentais para essa nova imagem, inclusive a de Paris. Muitas portas se abriram quando as pessoas viram que éramos valorizados lá fora”, complementa Sissi.

A imagem e a percepção de valor mudaram, mas a identidade e a essência permaneceram a mesma, e esse é o segredo para o sucesso da Granado. “Criamos produtos para que eles durem mais 100 anos. Não seguimos uma moda, mas o DNA da marca. E perseguimos a qualidade a todo momento”, conclui Sissi.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter