Blog de aluna do Marketing da ETEC Lins ganha espaço no circo da Fórmula 1

Danilelly Melo Moreira, está surpresa com a demanda de seu blog no meio automobilístico e conta como surgiu seu blog e o que o levou a circular nesse meio.

“Meu blog surgiu em 2011, quando ainda estava no ensino médio. Minha primeira publicação foi sobre a banda Foo Fighters. Eu não pensava em entrevistas, mas quando surgiu a oportunidade tomei gosto.

Comecei entrevistando bandas de rock, punk e pop, entre elas, Supla, Brijitte West (ex-namorada do Supla), Miss Guy, I’m From Barcelona, e a mais recente entrevista que fiz com a cantora guatemalteca Daniela Carpio.

No meu segundo ano de blog entrevistei DJs famosos e, a partir dos vários compartilhamentos, percebi a enorme repercussão. DJ Naccarati, DJ Camila Peixoto (eleita melhor DJ do Brasil), o francês DJ Zebra e também a DJ Miss Cady, cunhada de Ivete Sangalo, que já se apresentou em diversos países comandando pick-ups de festas e clubes do mais alto nível na França, Itália, Rússia, Índia, USA etc.

Hoje, a audiência do meu blog é surpreendente e as entrevistas acontecem com naturalidade. Inclusive, por algumas vezes fui procurada por pessoas do meio artístico e esportivo interessadas em dar entrevistas a mim.

Conheci muitas pessoas, principalmente do automobilismo. A maior dificuldade ainda tem sido o idioma, mas tenho conseguido me virar no inglês, o que está sendo um aprendizado emocionante.

Desde a infância fui fascinada por carros. Aos cinco anos de idade eu queria muito um carrinho azul conversível e até febre eu tive. Passou depois que o ganhei. Aos dez anos fiz um trabalho de escola cujo tema era de esporte. Escrevi sobre o automobilismo, Emerson Fittipaldi, Fangio e Ayrton Senna, que havia morrido há dez anos.

Minha primeira entrevista foi com o piloto Ingo Hoffmann, ao qual sou muito grata pela oportunidade de entrevista-lo. O contato seguinte foi com o piloto francês Yann Zimmer. Posteriormente as entrevistas foram acontecendo naturalmente. Sérgio Jimenez, Allam Khodair, Pietro Fittipaldi e pilotos internacionais como Oliver Webb (Reino Unido), Paul-Loup Chatin (França), Callan O’keeffe (África do Sul) e o Colombiano Chevy Rodriguez, considerado uma das promessas do automobilismo.

danielly_webÉ incrível que na maioria das entrevistas, os pilotos apontam Ayrton Senna como inspiração para prosseguir no automobilismo. Isso mostra o quanto ele é importante para o mundo da velocidade.

No ano passado tive a honra de entrevistar uma das maiores promessas do automobilismo brasileiro, Pietro Fittipaldi, que aos quinze anos conquistou o campeonato norte-americano na categoria Limited Model NASCAR, sendo o primeiro latino-americano a conquistar esse prêmio. Ele também recebeu o troféu revelação do clube britânico de automobilismo. Na época, quando entrevistei o Pietro, fiquei surpresa com a repercussão e descobri que o resultado contou com a colaboração de Emerson Fittipaldi, que compartilhou meu blog em seu twitter. Em poucas horas a entrevista com o neto dele teve muitas visualizações.

Outra surpresa é o fato de o meu blog ter mais visualizações em outros países do que no Brasil. O primeiro é os Estados Unidos, segundo o Reino Unido, terceiro a Alemanha e depois vem Brasil, Malásia, Ucrânia, Itália entre outros. Hoje, após quatro anos dedicados a profissão de blogueira, estou feliz pelo feedback positivo.

Mas também e impossível agradar a todos. Recentemente recebi e-mail de um jornalista me ofendendo, dizendo que eu estava roubando o lugar de quem fez jornalismo e sugerindo que eu pudesse estar saindo com essas personalidades para conseguir as entrevistas.

Quem quer algo corre atrás. Sabia que não seria fácil. Tem que saber escrever e, principalmente, conhecer sobre assunto que se quer escrever. Apesar de não ser jornalista, o destino tem sido muito carinhoso comigo. Estou muito feliz pelo que faço.”

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Os 5 mitos mais comuns sobre Inteligência Emocional

Fonte: exame.com / Claudia Gasparini

Entre as muitas competências exigidas pelo mercado que não são ensinadas na faculdade, a inteligência emocional é uma das mais importantes.

“Desde cedo, a escola nos ensina a valorizar apenas os conhecimentos gerais, como história e geografia, ou então a inteligência lógico-matemática, deixando as emoções de lado”, afirma João Marcelo Furlan, CEO da Enora Leaders.

Excluído das salas de aula, o tema acaba cercado de dúvidas e mal-entendidos, o que cria uma lacuna importante no futuro profissional dos alunos.

inteligencia-emocional

O maior problema, segundo Furlan, é que a maioria das pessoas ignora o valor do QE (Quociente Emocional) e ainda enxerga o famoso QI como o principal ingrediente para o sucesso.

Essa percepção é contrariada por pesquisas sobre o assunto. Um levantamento da consultoria TalentSmart, por exemplo, mostrou que 90% dos profissionais com alto desempenho têm uma boa gestão de suas emoções. Entre aqueles que têm baixa performance, apenas 20% têm uma nota alta em QE.

“Costuma-se dizer que as empresas contratam pelo QI, e demitem pelo QE”, diz Furlan. Isso porque as competências emocionais definem como o profissional vai se relacionar com a equipe e lidar com pressões e dificuldades – fatores essenciais para continuar empregado ou até ser promovido.

O desconhecimento geral sobre o assunto faz com que muitos percam a oportunidade de usar as próprias emoções a seu favor no trabalho. Diante disso, EXAME.com perguntou a especialistas quais são alguns dos mitos mais comuns sobre o tema. Veja a seguir:

1. Significa evitar emoções
Um dos grandes mal-entendidos sobre inteligência emocional é associá-la à necessidade de reprimir o que se sente.

É bem o contrário, diz o consultor Minoru Ueda, autor do livro “Competência emocional: quanto antes, melhor!” (Editora Qualitymark). “Você não deve punir as suas emoções, mas sim observá-las, avaliá-las e educá-las”, explica.

2. Significa ser emotivo 
No extremo oposto, muita gente também pensa que a competência tem a ver com expressar emoções na frente de todos ou chorar com frequência.

Não é nada disso: segundo Furlan, trata-se de controlar a manifestação das emoções – e mesmo adiá-las, se necessário. Na verdade, pessoas que se expõem descontroladamente são justamente as menos inteligentes do ponto de vista emocional.

3. É assunto para livros de autoajuda
Ueda diz que muitas pessoas ignoram a natureza científica do tema. “Como tem a ver com emoções, logo pensam que se trata de autoajuda”, explica o consultor.

Não é a realidade. Discutido desde os anos 1960, o conceito se popularizou com a publicação do livro seminal do psicólogo Daniel Goleman, “Inteligência emocional”, de 1995. Desde então, tem sido pauta de pesquisas e produções acadêmicas em todo o mundo.

4. É um talento inato 
É verdade que algumas pessoas têm uma tendência natural a lidar bem com emoções próprias ou alheias. Isso não significa, porém, que a competência seja um “dom”.

“É algo perfeitamente treinável”, diz Ueda. “Qualquer um pode desenvolver essa capacidade a partir do momento em que perceber o benefício para si próprio e para os outros”.

5. Pode ser adquirida em cursos
Não há dúvidas de que a inteligência emocional está ao alcance de todos. Mas, ao contrário de outras competências, ela não pode ser aprendida em cursos, livros ou palestras.

De acordo com Furlan, a aprendizagem passa necessariamente pela experiência prática, no cotidiano, com outras pessoas. Para se capacitar, diz ele, a teoria é insuficiente: é preciso vivenciar suas próprias emoções, observar as alheias e refletir sobre elas continuamente.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Estas empresas estão buscando estagiários e trainees

Fonte: exame.com.br

Para quem mira uma vaga de trainee ou estágio, confira as oportunidades disponíveis nos programas com inscrições abertas em ordem crescente de término do prazo.jovem com lupa

TIM – estágio
As oportunidades são para as cidades de Rio de Janeiro, São Paulo, Santo André, Belo Horizonte, Curitiba, Salvador, Recife e Belém, mas estudantes de outras cidades podem participar e aguardar por novas oportunidades no banco de talentos da operadora. Podem se candidatar universitários dos cursos de administração, análise de sistemas, ciências atuariais, ciências contábeis, ciência da computação, ciências econômicas, comunicação social (publicidade e propaganda ou jornalismo), direito, engenharia civil, engenharia da computação, engenharia de produção, engenharia de telecomunicações, engenharia elétrica, engenharia eletrônica, estatística, informática, marketing, matemática, psicologia e sistemas de informação. Estudantes dos cursos de engenharia, TI e estatística devem ter entre um e três anos até a formatura e os demais, entre um e dois anos. Conhecimentos de inglês e informática são requisito para participar.

Salário: não informado. Além da bolsa -auxílio, os estudantes recebem smartphone com linha funcional e internet ilimitada, vale-refeição, vale-transporte e assistência médica e odontológica.
Inscrições: até 10 de março pelo site da TIM 

Unicasa Móveis – trainee
Os candidatos devem ter graduação entre 2009 e 2015 e disponibilidade para viajar e residir em qualquer região do Brasil. O programa acontece em Bento Gonçalves (RS), sede da empresa.

Salário: 3 mil reais
Inscrições: até 10 de março pelo site do programa

Ericsson – trainee
O programa recruta recém-formados nas áreas de telecomunicações, engenharia, ciências da computação e eletrônica, além de candidatos com mestrado em administração, marketing e economia. É pré-requisito ter domínio de dois idiomas e, no mínimo, dois anos de experiência profissional prévia. Ter conhecimento da indústria de telecomunicações é um diferencial.

Salário: não informado
Inscrições: até 13 de março pelo site da empresa

Subsea 7 – estágio
São 20 oportunidades de estágio no Rio de Janeiro (RJ). Para participar, é preciso estar matriculado em curso de graduação, com conclusão prevista para o período entre julho de 2016 e maio de 2017. Para participar, o aluno deve estar ativamente matriculado em curso de graduação, com conclusão prevista para julho de 2016 a maio de 2017.

Salário: não informado
Inscrições: até 13 de março pelo site Vagas.com

Advocacia Geral da União – estágio
A oportunidade é para formação de cadastro de reserva para o programa de estágio da Advocacia Geral da União que acontece em todos os estados brasileiros. Podem participar estudantes dos cursos de administração de empresas, ciências contábeis, direito, jornalismo, publicidade e propaganda e, também, de tecnologia em gestão de recursos humanos e tecnologia em gestão pública, ensino médio e educação de jovens e adultos (EJA).

Salário: 203 reais para quem é do ensino médio e 364 reais para quem é do ensino superior, além de auxílio-transporte de 6 reais por dia estagiado.
Inscrições: até 15 de março pelo site do CIEE onde consta o edital com informações detalhadas, incluindo as cidades contempladas.

Suzano – estágio
As oportunidades são para quem é dos cursos de administração, agronomia, ciências econômicas e engenharia (todas as habilitações). A conclusão da graduação deve estar prevista para o período entre junho de 2016 e junho de 2017. Há vagas em São Paulo para a área de assuntos regulatórios e também em Limeira (SP) para a área floresta.

Salário: não informado
Inscrições: até 16 de março de 2015 pelo site da Cia de Talentos.

Nielsen – estágio/trainee
O programa de estágio-trainee é voltado para estudantes dos cursos de administração de empresas, ciências sociais, ciências atuariais, comunicação social, economia, engenharia, estatística, matemática, marketing, publicidade, relações internacionais e afins. Os aprovados serão estagiários durante 8 meses. Depois desse período, cada um passará pela avaliação de seu gestor, que poderá indicá-los ou não para a fase seguinte do programa. Uma vez indicados, os estagiários tornam-se analistas e iniciam a segunda etapa do desenvolvimento. Nesse momento do programa, com média de três meses de duração, haverá treinamentos intensivos e os aprovados passam a atuar como executivos de atendimento júnior. A empresa prorrogou o período de incrições para março.

Salário: durante a primeira etapa, 1,6 mil reais para penúltimo ano e 1,8 mil reais para último ano. Na segunda fase, a remuneração passa para 2,7 mil reais para todos, independentemente do ano cursado na faculdade.
Inscrições: até 15 de março pelo site do programa

Kanui – estágio
Ao todo, três vagas estão disponíveis nos setores de marketing, marketplace e front end, para trabalhar em São Paulo. Os candidatos que se interessarem em participar do processo seletivo para as áreas de marketing e marketplace devem estar cursando engenharia, administração ou economia. Já para a vaga de estágio em front end, os cursos necessários para se candidatar são design digital e ciências da computação.

Salário: não informado o valor da bolsa-auxílio, mas, segundo a empresa, há possibilidade de aumento conforme o desempenho. Vale Transporte (ou fretado), vale refeição e desconto de funcionário nas empresas do Grupo Rocket são benefícios oferecidos.
Inscrições: até 15 de março. Os currículos devem ser enviados para o endereço de e-mail estagios@kanui.com.br.

VG&P (Vernalha Guimarães & Pereira Advogados) – trainee
As oportunidades são para Curitiba (PR), e podem se candidatar estudantes de Direito do 3º, 4º ou 5º ano, com bons conhecimentos do Pacote Office. Inglês avançado é desejável.

Salário: 1.400 reais na primeira etapa. Na segunda etapa o valor da bolsa auxílio muda para 2 mil reais. A empresa também oferece bolsa educação anual de mil reais para participação em congressos e eventos que contribuam para o programa. Auxílio- transporte e vale-refeição são oferecidos pela empresa.
Inscrições: até 18 de março. Interessados devem enviar histórico escolar para o email traineevgp@grupocetefe.com.br. A empresa solicita que as seguintes informações estejam no corpo do email: nome completo, telefone, email para contato, nome da instituição de ensino, curso, anos, turno atualizado.

BTG Pactual – trainee
A empresa busca profissionais com formação entre junho de 2013 e julho de 2015. Os cursos de interesse são administração, ciências contábeis, ciências econômicas, matemática, engenharias e demais ciências exatas e de tecnologia. É preciso ter inglês fluente e disponibilidade para mudanças.

Salário: não informado
Inscrições: até 22 de março pelo site do programa

Fast Shop – trainee
A empresa busca graduados entre dezembro de 2011 e dezembro de 2014 nos cursos de administração de empresas, ciências contábeis, economia, engenharias ou publicidade e propaganda ou tecnólogo em comércio exterior, gestão comercial, gestão da qualidade, gestão de recursos humanos, gestão empresarial, gestão financeira, gestão pública, logística, marketing, processos gerenciais ou projetos. É preciso ter disponibilidade para viagens e mudança de cidade após os 12 meses de programa. Inglês intermediário e vivência no varejo são diferenciais.

Salário: não informado
Inscrições: até 22 de março pelo site do programa

Light – trainee
A empresa busca profissionais com ensino superior concluído entre julho de 2013 e julho de 2015. Os cursos de interesse são engenharia elétrica, engenharia mecânica, engenharia civil, engenharia de telecomunicações, administração de empresas, ciências econômicas, ciências contábeis, direito, ciências da computação e áreas afins. É desejável ter pós graduação. Os candidatos devem ter disponibilidade para morar no Rio de Janeiro (RJ).

Salário: não informado
Inscrições: até 28 de março pelo site do Vagas.com

Monsanto – estágio
As oportunidades são para estágio de 5 meses e estão divididas entre os estados de Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul e Bahia. O estagiário poderá ser alocado em campo, estações experimentais, unidades de processamento, laboratórios, escritórios, entre outras. Podem se candidatar estudantes dos cursos de agronomia, biotecnologia, ciências biológicas, engenharias (agronômica, agrícola, biossistemas, biotecnológica, bioprocessos, e florestal) com conclusão da graduação maracada para dezembro de 2015. Inglês intermediário é um requisito para participar.

Salário: a empresa diz oferecer bolsa auxílio compatível com o mercado; assistência médica e odontológica; seguro contra acidentes pessoais; auxílio transporte; auxílio refeição; auxílio moradia; benefício medicamento; auxílio lavanderia.
Inscrições: até 30 de março pelo site da Monsanto

Shell – estágio
O programa oferece oportunidades para trabalhar no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília. Os candidatos devem se formar entre julho e dezembro de 2017 e ter nível avançado de inglês. No Rio de Janeiro, as vagas são para administração, contabilidade, economia, engenharias (petróleo, mecânica, produção e química), geologia, marketing, publicidade, relações internacionais e psicologia. Em São Paulo, os cursos de interesse são administração, comunicação social, marketing e publicidade. Finalmente, em Brasília, a empresa busca estudantes de direito, ciências políticas ou relações internacionais.

Salário: não informado
Inscrições: até 31 de março pelo site da empresa

Locaweb – trainee
As oportunidades são para nas áreas comercial, financeira, projetos, produtos, marketing, recursos humanos e tecnologia. Podem se candidatar universitários com graduação concluída entre julho de 2013 e julho de 2015, (preferencialmente) nos cursos de administração de empresas, ciências econômicas, direito, engenharia, ciência da computação, marketing, psicologia e economia.

Salário: não informado. Assistência médica e odontológica, seguro de vida, vale-refeição para consumo em máquinas dentro da empresa, vale-transporte/estacionamento e restaurante, ambos no local e programa de qualidade de vida (academia in company, massagem relaxante e ginástica laboral) são alguns dos benefícios oferecidos.
Inscrições: até 30 de março pelo site de trainees da Locaweb 

PwC – trainee
As áreas são auditoria, consultoria de negócios e consultoria tributária e societária. Alguns dos cursos demandados são administração, ciências atuariais, ciências contábeis e ciências econômicas, direito, estatística, física, gestão ambiental, matemática, relações internacionais, psicologia, entre vários outros, dependendo da área de atuação.

Salário: não informado
Inscrições: os prazos variam, podendo ir até março de 2015 em algumas cidades. As datas de acordo com cada localidade podem ser acessadas no site da empresa. As inscrições podem ser feitas no site do programa.

Flytour – trainee
Podem se candidatar universitários dos cursos de administração, eventos, turismo, hotelaria, comércio exterior, comunicação social, marketing, publicidade e propaganda, jornalismo, qualidade, relações internacionais e relações públicas, entretenimento, história, geografia, entre outros. O estudante deve estar matriculado no período noturno e deve ter disponibilidade para trabalhar em Barueri (SP) e/ou São Paulo (SP). Conhecimentos do Pacote Office, noções básicas de geografia e de idiomas são diferenciais.

Salário: 1.100,00 reais. Benefícios: assistência médica e odontológica, vale refeição, vale transporte, plano de previdência privada, desconto na compra de pacotes de viagens, seguro de vida.
Inscrições: até 5 de abril pelo Vagas.com

Novelis – estágio
A empresa busca universitários com previsão de formatura entre dezembro de 2015 e dezembro de 2016. Os cursos procurados são jornalismo, publicidade e propaganda e relações públicas (São Paulo), engenharia elétrica (Pindamonhangaba), ciências econômicas, ciências contábeis ou administração de empresas (São Paulo).

Salário: 1.200 para quem está no penúltimo ano da faculdade, e 1.300 para quem está no último
Inscrições: até 6 de abril pelo site da Cia de Talentos

Leroy Merlin – trainee
A empresa busca candidatos com graduação entre dezembro de 2010 e dezembro de 2014.A s vagas estão divididas em duas áreas de atuação: comercial e gestão. A área comercial é a principal área da empresa e envolve o planejamento (mercado, mix de produtos, exposição, preço) de uma seção de produtos, além de gestão e desenvolvimento de pessoas. Gestão envolve a área administrativo-financeira da loja, responsável por acompanhar objetivos econômicos ao lado do núcleo comercial.

Salário: não informado
Inscrições: até 12 de abril pelo site do programa

Riachuelo – trainee
Com duração entre 12 e 18 meses, o Programa de Trainees da Riachuelo oferece duas possibilidades de carreira: gerente de loja e gerente de produto. As oportunidades são para jovens que se graduaram entre julho de 2011 e julho de 2015 nos cursos de administração, economia, moda, comunicação, engenharia e áreas correlatas. É desejável inglês fluente para a carreira de gerente de produto e disponibilidade para residir em qualquer região do país para a carreira de gerente de loja.

Salário: não informado
Inscrições: até 30 de abril pelo site da Riachuelo.

EY – trainee
O programa é destinado a universitários a partir do 2º ano de graduação ou recém-formados (até 2 anos) dos cursos de administração de empresas, ciências atuariais, ciências contábeis, direito, economia, engenharia (todas), estatística, física, cursos de TI, matemática e relações internacionais. Inglês intermediário é pré-requisito.As oportunidades são para as cidades de Belo Horizonte (MG), Blumenau (SC), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e São Paulo (SP).

Salário: não informado
Inscrições: pelo Vagas.com. Segundo o site do programa, as inscrições se iniciaram em dezembro de 2014 e o processo se estende até setembro e outubro de 2015, quando as admissões das últimas turmas são finalizadas. O programa tem diferentes datas de contratação mas, quanto mais cedo a inscrição for feita, mais chances o candidato terá.

Raízen – estágio
O programa tem duração de até dois anos e a seleção acontece duas vezes ao ano. As vagas são para as áreas de vendas, marketing, LD&T (logística, distribuição e trading), finanças e jurídico (societário). Podem se candidatar estudantes dos cursos de administração, ciências contábeis, ciências econômicas, direito, engenharia (todas) e marketing. Estudantes de ciências contábeis e direito devem ter a conclusão da graduação prevista para o período entre junho de 2016 e dezembro de 2017. Para os demais cursos a data de conclusão prevista deve ser entre junho de 2016 e dezembro de 2016. A exigência de domínio de inglês pode variar de uma área para a outra.

Salário: não informado
Inscrições: pelo site da Cia de Talentos. O prazo não foi informado.

MARS – estágio
O Programa de Estágio em TI da MARS acontece em Guararema e oferece cinco vagas. Podem se candidatar estudantes dos cursos de engenharia da computação, sistema de informação e ciência da computação com previsão de conclusão da graduação para o período entre julho de dezembro de 2016. Inglês avançado é um requisito.
Salário: não informado. Assistência médica e odontológica, convênio farmácia, restaurante no local, seguro de vida, vale alimentação, vale transporte ou estacionamento, desconto em produtos Mars entram no pacote de benefícios.

Inscrições: pelo site da Cia de Talentos. O prazo não foi informado.

Rexam – estágio
A fábrica da empresa em Extrema (MG) tem quatro vagas de estágio destinadas a alunos dos cursos técnicos de mecânica ou mecatrônica e segurança do trabalho, matriculados no 1º ou 2º período, e a estudantes de nível superior nas áreas ambiental ou de segurança, com formação técnica em segurança do trabalho. Também há uma vaga para alunos de engenharia, cursando o 6º período.

Salário: não informado
Inscrições: prazo não informado. Currículos devem ser enviados para o e-mail curriculo@rexam.com

Ambev – estágio
O programa de estágio 2015 é direcionado a estudantes no penúltimo ou último ano de diversos cursos. É exigido nível intermediário de inglês.

Salário: não informado
Inscrições: o ano todo pelo site do programa

Sanofi – estágio
O processo de seleção acontece o ano inteiro e, mensalmente, há abertura de oportunidades de estágio nas áreas de administração, biologia, bioquímica, ciências da computação, ciências contábeis, comunicação social, contabilidade, direito, economia, enfermagem, engenharias, farmácia, marketing, psicologia, publicidade e propaganda, relações internacionais, secretariado e sistemas de informação. Selecionados vão trabalhar em São Paulo (SP), bairro do Morumbi.

Salário: de 1.630 reais (6 horas diárias) a 2.171 reais (8 horas diárias).
Inscrições: o ano todo pelo site da Sanofi ou da Page Talent

Hypermarcas – trainee
Podem participar recém-formados ou alunos que estejam cursando o último ano nos cursos de engenharia, administração, economia, marketing e áreas correlatas.

Salário: não informado
Inscrições: o ano todo pelo site Vagas.com

Nestlé –  estágio
A empresa busca candidatos com formação prevista entre julho de 2016 a julho de 2017. São aceitos todos os cursos de graduação de acordo com o setor de atuação. Ter inglês no mínimo intermediário é pré-requisito, assim como conhecimentos do Pacote Office e disponibilidade para início imediato.

Salário: não informado
Inscrições: o ano todo no site da Cia de Talentos. Segundo a Nestlé, novas vagas surgem todos os meses.

Deloitte – trainee 
Podem se candidatar universitários a partir do 2º ano de graduação ou recém-formados nos cursos de administração de empresas, ciências atuariais, ciências contábeis, comércio exterior, direito, economia, estatística, relações internacionais, biologia, engenharia (todas), informática, matemática, sistemas de informação, ciência da computação, processamento de dados, análise de sistemas e física. É preciso ter nível ao menos básico de inglês para candidatos na área de outsourcing e nível intermediário para candidatos às demais áreas. A área de outsourcing também requer, no mínimo, 6 meses de experiência para contábil, financeiro e fiscal. É necessário ter disponibilidade para trabalhar em período integral e para viagens.

Salário: não informado. A empresa oferece vale-transporte, ticket alimentação, plano de saúde, previdência privada, seguro de vida em grupo, PLR.
Inscrições: ano todo pelo Vagas.com.

Gemalto – estágio
O programa de estágio é destinado a universitários de antepenúltimo, penúltimo e último ano de graduação dos seguintes cursos: administração, ciências da computação, comércio exterior, economia, engenharia da computação, engenharia elétrica, sistema da informação, marketing, psicologia, recursos humanos, relações internacionais e relações públicas. O programa tem duração de até dois anos e carga horária flexível entre 20 e 40 horas semanais.

 

Salário: não informado
Inscrições: o ano todo pelo site da Gemalto

Ipiranga- estágio
O programa de estágio acontece durante todo o ano, conforme o surgimento de oportunidades.As inscrições estão sempre abertas, com oportunidades para estudantes do penúltimo ou último ano do ensino superior e último ano do curso técnico.

Salário: não informado
Inscrições: o ano todo pelo site Ipiranga

Itaú BBA – estágio
A empresa recruta estudantes com formação prevista entre dezembro de 2015 e julho de 2016. É exigido inglês avançado ou fluente, além de bons conhecimentos em Pacote Office. Os cursos mirados são administração de empresas, ciências contábeis, comunicação social, direito, economia, engenharia, física, estatística, marketing, matemática, pedagogia, propaganda, psicologia, publicidade e relações públicas.

Salário: 2 mil reais
Inscrições: o ano todo pelo site da Cia de Talentos 

Santander – estágio
As oportunidades são para estudantes de diversas áreas, tais como administração, ciências contábeis, comunicação social, marketing, psicologia e relações internacionais. É preciso se formar entre julho de 2015 e dezembro de 2016.

Salário: não informado
Inscrições: o ano todo no site do Vagas.com

Citi – estágio
No programa de estágio da empresa, há vagas para estudantes de qualquer área com previsão de formatura entre julho de 2015 e dezembro de 2016. É preciso inglês a partir de nível intermediário e disponibilidade para estagiar em São Paulo (SP).

Salário: 1,6 mil reais
Inscrições: o ano todo pelo site do 99jobs

Henkel – estágio
Há vagas para trabalhar em três cidades do estado de São Paulo: Diadema, Itapevi e Jundiaí. Para se candidatar, é preciso estar entre o 2º e o penúltimo ano da graduação. A empresa busca estudantes de administração de empresas, ciências contábeis, direito, economia, engenharias, marketing, publicidade e propaganda, química e relações internacionais. Outro pré-requisito é ter inglês intermediário.

Salário: não informado
Inscrições: o ano todo pelo site da empresa

Sodexo – trainee
O programa recruta formados nos cursos de nutrição, gastronomia, engenharia dos alimentos e economia doméstica. São exigidos bons conhecimentos no Pacote Office (Excel, PowerPoint e Word). Ter experiência profissional, pós-graduação e um segundo idioma são diferenciais.

Salário: não informado
Inscrições: prazo não informado. Inscrições pelo Vagas.com

Thomson Reuters – estágio
A empresa busca estagiários para as áreas de desenvolvimento de sistemas, suporte ao cliente e serviços de desenvolvimento para clientes. É preciso estar cursando análise e desenvolvimento de sistemas, ciência da computação, engenharia da computação ou sistemas de informação. A data para a conclusão da graduação deve ser entre julho de 2016 e julho de 2017. O candidato deve ter disponibilidade para estagiar em Campinas (SP) e é desejável ter inglês avançado.

Salário: não informado
Inscrições: 
até 30 de março pelo site da Cia de Talentos

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Problemas no sistema do Fies impedem inscrições de estudantes

Desconfio que essa seja uma estratégia proposital do governo Dilma. Bem a cara do PT.Как демонтировать пластиковое окно

Fonte: abmes.org.com.br

Muitos estudantes brasileiros que entraram na faculdade este ano estão com medo de ter que desistir dos cursos. Eles ainda não conseguiram o financiamento para bancar os estudos, e as mensalidades já começaram a vencer

Ana Paula já perdeu a conta das horas em frente ao computador. Ela entrou em um curso de odontologia em Belém e tenta se inscrever no Fies, mas toda vez que acessa o site recebe o aviso de que as vagas estão esgotadas.

“Quando vou entrar em contato com a instituição, para ver se isso realmente é verdade, eles falam que não tem como, que é impossível porque o número de vagas lá não é limitada, é ilimitada”, afirma a estudante Ana Paula Osório.

O mesmo aviso aparece para Mariana, que passou em Medicina Veterinária, em São Paulo. A família se reveza há quase duas semanas querendo fazer a inscrição. Os estudantes que não conseguiram financiamento estão preocupados porque os boletos das mensalidades estão chegando e eles não têm como pagar. Muitos temem ser obrigados a trancar a matrícula.

“É frustrante, porque eu estou em um curso que eu gosto, que eu sempre quis. A universidade é maravilhosa e eu corro o risco de não poder continuar porque não tem como pagar a mensalidade e o site não está funcionando”, diz a estudante Mariana da Silva.

A Associação que responde pelas instituições de ensino superior no país também reclama.

“As escolas e os alunos não têm conhecimento de quais são esses bloqueios que estão no sistema que estão impossibilitando o acesso desses alunos ao programa”, explica Sólon Caldas, da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior.

Andressa é outra estudante que não conseguiu se inscrever. A tia dela ligou para o 0800 do Fies em busca de uma explicação. E conta o que ouviu da atendente:

“Ela voltou na linha e fez assim: ‘Não sei responder a senhora. O Fies agradece a sua ligação’”, conta Tânia de Lima, tia de Andressa.

Em nota, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, ligado ao MEC, diz que “ocorreram momentos de indisponibilidade” no site do fies e que está “tomando todas as medidas possíveis para superar as dificuldades”. E acrescenta que “o prazo de inscrição vai até o dia 30 de abril”.

Para a família de Mariana, a angústia continua. A primeira mensalidade, no valor de R$ 1.819, venceu no mês passado.

“A universidade deu prazo para gente até 14 de março para conseguir fazer o Fies”, diz Mariana.

“A gente sente o que os filhos sentem. Entendeu? Então é uma frustração se a gente não conseguir. Vai ser uma frustração muito grande”, afirma mãe Cleusa do Nascimento, emocionada.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

16 dicas para não queimar sua imagem nas redes sociais

Fonte: exame.com

Em 2014, os ânimos se acirraram nas redes sociais. Copa do Mundo e eleições foram o bastante para que uma multidão se queimasse, falando demais.

Twitter, por exemplo, registrou 21,5 milhões de posts relacionados aos presidenciáveis Dilma Rousseff e Aécio Neves. E as queixas contra crimes de ódio cresceram 84% em outubro, de acordo com a Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos.

Muita gente perde o controle porque embarca no que John Suler, professor da Universidade de Rider, em Nova Jersey, apelidou de “efeito da desinibição online”, que consiste na impressão de que estar atrás de uma tela significa o anonimato. A falsa proteção aumenta a vontade de se expressar e instiga a agressividade.

Como as redes funcionam como uma vitrine, esse impulso comunicativo pode manchar a reputação na vida profissional. Engana-se quem pensa que os recrutadores ignoram os perfis sociais, como Facebook, Instagram e Twitter. Segundo um estudo do CareerBuilder, site americano de recrutamento, 51% dos 2.138  empregadores entrevistados desistem de contratar um candidato após verificar suas postagens. rede_social

Mesmo quem não está atrás de emprego deve tomar cuidado: chefes e colegas observam como andam as publicações alheias. “Uma atitude inflexível em uma discussão online passa a imagem de um profissional que não sabe trabalhar em equipe”, diz Luís Testa, da Catho, site de recrutamento, de São Paulo.

Para não cair em armadilhas e correr o risco de virar meme, siga as regras para preservar (e melhorar) sua imagem virtual.

1- Use ferramentas de privacidade 

A lista de amigos não é homogênea: tem chefes, ex-chefes, colegas e pessoas mais íntimas. Cada grupo pede um tipo diferente de mensagem. O Facebook cria filtros e listas que podem ser aplicados nos posts. Isso permite que alguém selecione só os amigos para compartilhar a foto do Réveillon, e só os colegas quando quiser postar um texto corporativo.

2 – Pense antes de publicar

As linhas do tempo são lotadas de informações. Mas nem todas foram revisadas antes de ser publicadas. A consequência? Posts com informações falsas e erros de português.  “Não é porque a internet é veloz que temos de nos posicionar com a mesma rapidez”, diz Bia Granja, do site Youpix, especializado em internet.

3-  Reclame na medida

As redes sociais viraram um grande SAC da vida, com gente que usa os perfis só para desabafar. Reclamar de vez em quando é normal, mas ser resmungão transmite uma imagem ruim. “Nenhum recrutador verá com bons olhos uma pessoa que está o tempo todo insatisfeita com tudo”, diz Ana Luiza Mano, fundadora do grupo Psicólogos da Internet, de São Paulo.

4- Diminua a ostentação

Há a impressão de que, na internet, todo mundo é feliz e só faz coisas incríveis. Postar imagens de viagens, restaurantes, sapatos novos e festas em excesso passa a impressão de ostentação.

O marketing pessoal exagerado não cola. Profissionais que se autopromovem assim dão a entender que não assumem falhas.

5 – Pegue leve nas críticas às empresas 

Todo cliente lesado por algum serviço ou produto tem o direito de ficar bravo e reclamar. Desde que seja no lugar certo. Melhor falar sobre o problema com a empresa ou em sites voltados para reclamações.

Por mais que esteja irritado, mantenha a cordialidade: pode ser que, daqui a um tempo, você pleiteie uma vaga na empresa com a qual brigou.

6- Lembre-se que a zoeira tem limites 

Até os mais bem-humorados precisam ter noção. Às vezes, uma piada pode ofender — mesmo que essa não tenha sido a intenção. Avalie o tom do post e nunca faça comentários ofensivos disfarçados de piadas.

Brincar com as minorias está fora de cogitação: as empresas valorizam quem sabe lidar com a diversidade.

7 – Analise as redes

Cada rede tem um perfil específico que deve ser levado em conta. Não pega bem postar convite para seu aniversário no LinkedIn ou compartilhar seu currículo no Facebook.

8 – Publique com moderação

Crie uma rotina para seus posts e uma frequência tolerável para se expor online. Quem escreve demais parece que está viciado, comportamento que pode prejudicar a produtividade e ser malvisto pelos chefes.

9 -Seja coerente

As redes sociais devem refletir quem você é na vida real. Não adianta se esconder atrás da tela e criar uma imagem diferente da mostrada no trabalho.

As pessoas percebem a incoerência e ficam em dúvida sobre a personalidade. Preste atenção também nos seus contatos: não adianta tomar cuidado com o perfil se todos os seus amigos parecem ser exatamente o contrário de quem você é.

10 – Saiba que o anonimato é lenda

Antes de publicar qualquer coisa, imagine se teria coragem de dizer aquilo pessoalmente, sem se envergonhar ou se arrepender no futuro. Na dúvida, apague o que escreveu. Essa atitude demonstra maturidade e o entendimento de que nem tudo precisa ser compartilhado.

11 – Controle as emoções

Todo mundo perde a cabeça e fala bobagem. Só que na internet o escorregão, às vezes, fica imortalizado. Respire fundo antes de se manifestar. Responder com classe a uma provocação impressiona os chefes, pois significa inteligência emocional.

12 – Evite falar sobre sua empresa

Se estiver com um problema no seu trabalho, não espalhe nas redes. Fazer isso não soluciona nada e só gera mal-estar — além de mostrar que o profissional não tem maturidade para chamar o chefe para conversar e tentar resolver a questão.

13- Cuidado com a linguagem

Vários mal-entendidos ocorrem porque as palavras para certos posts não foram bem escolhidas e possuem um tom indelicado ou irritado. Evite caixas altas, por exemplo, que são consideradas gritos na internet.

14 – Mantenha a discrição

Se a discussão com um de seus contatos ficar mais séria, opte por uma conversa particular para evitar a exposição de seus problemas ou pontos de vista polêmicos. Discrição na hora de resolver pendências é uma competência essencial em momentos de crise.

15- Leia a política de privacidade 

As empresas têm regras claras para o uso das redes sociais no ambiente corporativo. Descobrir qual é o código de conduta adotado pelo local onde trabalha minimiza erros, como compartilhamento de informações sigilosas.

16 – Saia da bolha

A dinâmica das redes contribui para que apenas conteúdo parecido com o que você posta apareça na linha do tempo. Isso colabora para que as pessoas ignorem que existem opiniões e assuntos diferentes.

É importante dar valor a informações que não fazem parte do dia a dia.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

21 exercícios de neuróbica que deixam o cérebro afiado

Evitar fazer tudo no automático ajuda a turbinar a memória e a concentração

FONTE: PORTAL MINHA VIDA – NATALIA DO VALE

Quem foi que disse que o cérebro não precisa de exercícios para se manter ativo? Se o nosso corpo necessita de malhação para ficar sempre em ordem e cheio de disposição, por que com a mente seria diferente?
O cérebro também vai perdendo sua capacidade produtiva ao longo dos anos e, se não for treinado com exercícios, pode falhar. O neurocientista norte-americano, Larry Katz, autor do livro Mantenha seu Cérebro Vivo, criou o que é chamado de neuróbica, ou seja, uma ginástica específica para o cérebro.
A teoria de Katz é baseada no argumento de que, tal como o corpo, para se desenvolver de forma equilibrada e plena, a mente também precisa ser treinada, estimulada e desenvolvida. É comum não prestamos atenção naquilo que fazemos de forma mecânica, por isso costumamos esquecer das ações que executamos pouco tempo depois.cliente

“O objetivo da neuróbica é estimular os cinco sentidos por meio de exercícios, fazendo com que você preste mais atenção nas suas ações e então, melhore seu poder de concentração e a sua memória”, explica a psicóloga especialista em análise comportamental e cognitiva, Mariuza Pregnolato. “Não se trata de acrescentar novas atividades à sua rotina, mas de fazer de forma diferente o que é realizado diariamente”.
Para o neurologista da Unifesp Ivan Okamoto, tais exercícios ajudam a desenvolver habilidades motoras e mentais que não costumamos ter em nosso dia a dia, porém, tais habilidades em nada se relacionam com a memória.
“Se você é destro e começa a escrever com a mão esquerda, desenvolverá sua coordenação motora de modo a conseguir escrever com as duas mãos e caso um dia, tenha algum problema que limite a escrita com a mão direita, terá a esquerda bem capacitada para isso. Mas o fato de praticar este tipo de exercício não significa que você se verá livre de problemas como esquecer de pagar as contas, tomar o remédio, ou algo do gênero”, explica o especialista.

Como funciona a neuróbica?

A neuróbica consiste na inversão da ordem de alguns movimentos comuns em nosso dia a dia, alterando nossa forma de percepção, sem, contudo, ter que modificar nossa rotina. O objetivo é executar de forma consciente as ações que levam à reações emocionais e cerebrais. São exercícios que vão desde ler ao contrário até conversar com o vizinho que nunca dá bom dia, mas que mexem com aspectos físicos, emocionais e mentais do nosso corpo. “São esses hábitos que ajudam a estimular a produção de nutrientes no cérebro desenvolvendo suas células e deixando-o mais saudável”, explica Mariuza Pregnolato, psicóloga especialista em análise comportamental e cognitiva.
Quanto mais o cérebro é treinado, mais afiado ele ficará, mas para isso não precisa se matar nos testes de QI ou nas palavras cruzadas para ter resultados satisfatórios. “Estas atividades funcionam, mas a neuróbica é ainda mais simples. Em vez de se inscrever em um super desafio de matemática e ficar decorando fórmulas, que tal vestir-se de olhos fechados ou andar de trás para frente?”, sugere a especialista. A proposta da neuróbica é mudar o comportamento rotineiro para “forçar” a memória. Por isso, é recomendável virar fotos de cabeça para baixo para concentrar a atenção ou usar um novo caminho para ir ao trabalho.

Leia a matéria na íntegra.

Mais sobre o assunto:

Alimentos amigos da memória.

Alimentos afrodisíacos e bons para o cérebro.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Sobrevivência das empresas depende da colaboração entre Marketing e TI

Descompasso: 74% dos executivos dizem que não atuam como parceiros estratégicos do departamento de tecnologia em suas companhias, segundo pesquisa da Teradata.

Na era dos negócios digitais, capazes de balançar grandes corporações com ofertas disruptivas, os departamentos de Marketing e TI não podem mais continuar separados e disputando orçamento e prazos entre si. A tecnologia se tornou imprescindível para a atuação dos profissionais que planejam o posicionamento, a segmentação e a comunicação para produtos e serviços de uma companhia.

Não importa se a gestão do Marketing acontece em uma organização sem fins lucrativos, em uma pequena empresa ou numa das marcas listadas pela Fortune entre as 500 maiores do mundo: a função desse líder é a de um maestro, que deve garantir a afinação entre cada integrante da orquestra. Para garantir que todos trabalhem juntos, CMOs devem evitar a formação de silos dentro da companhia.

Esse trabalho, entretanto, pode não estar sendo bem executado. Um sinal disso é que 74% dos profissionais de Marketing disseram que a área e o TI não atuam como parceiros estratégicos em suas companhias, segundo pesquisa da Teradata. “A dobradinha entre Marketing e TI precisa avançar diante da necessidade frequente por inovação. O trabalho dessas duas áreas deve ser colaborativo, porque só assim ideias realmente novas surgem. Não existe mais a figura do gênio que se tranca numa sala e só sai dela quando tiver o projeto em mãos”, diz Cassio Dreyfuss, Vice-Presidente e Líder de Pesquisas do Gartner para o Brasil, em entrevista ao Mundo do Marketing.

TI precisa entender do negócio
Existe, hoje, um movimento de inserção cada vez maior de máquinas no dia a dia das pessoas, ferramentas essas de construção de experiências, como os smartphones e os objetos inteligentes. Concomitantemente, o Big Data se torna imprescindível para o trabalho diário dos profissionais de Marketing. A compra da tecnologia nos fornecedores mais adequados é estratégica nesse novo cenário e exige parceria entre a área e quem entende de softwares.

O desafio é fazer com que os departamentos desenvolvam conhecimento um sobre o outro. “Durante 40 anos, dissemos que o CIO de sucesso tinha que dominar a tecnologia, ser um maquineiro. Hoje, entretanto, ele precisa mesmo é entender de negócios. O Marketing percebe as oportunidades, mas a área de TI é que entende de segurança, nível de serviço e quanto valem as ferramentas digitais”, afirma Dreyfuss, que é Diretor e Palestrante do Symposium/ITxpo 2014, que acontece entre os dias 27 e 30 de outubro, em São Paulo.

A grande dificuldade nesse percurso é quebrar os silos dentro da própria empresa. Uma parte da verba de TI está migrando para a área de Marketing, o que costuma a levar a disputas por orçamento. Segundo uma pesquisa da Avanade, 37% dos gastos com tecnologia já acontecem hoje fora do departamento, que precisa assumir um novo papel na organização. Entre os executivos brasileiros entrevistados, 76% dizem que podem tomar decisões mais rápidas e melhores sem o envolvimento do TI, o que demonstra a urgência desses esforços de reinvenção.

CMOs gastarão mais com TI do que CIOs
Os profissionais precisam atualizar seus conhecimentos para poderem cumprir seu novo papel nas companhias. Notando essa demanda, a ESPM lançou o curso de graduação em Sistemas de Informação em Comunicação e Gestão, em São Paulo, que alia justamente essa visão estratégica de negócio à de tecnologia. O objetivo é que haja um trabalho colaborativo entre os departamentos.

A expectativa é de que, até 2017, CMOs gastem mais com TI do que CIOs, segundo o Gartner. “Nem todos os líderes de tecnologia estão conseguindo se atualizar a tempo. Como resposta às deformações, estamos vendo aumentar o número de pessoas de tecnologia sendo contratadas pelas áreas de Marketing, o que não é a solução ideal. O melhor seria chegar a uma atuação colaborativa entre os dois departamentos”, diz Vice-Presidente e Líder de Pesquisas do Gartner.

Os silos não são apenas um problema interno, que fica restrito à cultura da companhia. Eles podem ter um grande impacto na experiência do consumidor. Quando essas divisões se solidificam, a empresa começa a aparecer desconectada para o cliente final. Os gestores também dependem da tecnologia para medir o retorno sobre o investimento (ROI) e apresentá-lo aos investidores. A satisfação de todos os stakeholders depende dessa colaboração entre os departamentos.

“Comitê de TI” é multidisciplinar
As companhias fornecedoras de softwares já perceberam que o “comitê de TI”, denominação para o grupo responsável pela decisão de compra das soluções de tecnologia, já não são mais apenas os profissionais especializados na área. Participam desse processo os departamentos de Marketing, vendas e finanças, ou seja, um time multifuncional. Com a isso, a criação de conteúdo nesse setor vem crescendo, como meio de dar informação e educar o novo público-alvo.

Segundo uma pesquisa do Linkedin, 58% do comitê trabalha fora do departamento de TI, 47% são gerentes ou funcionários que não têm cargos de gestão e 49% controlam parte ou todo o orçamento de TI. O levantamento da rede social profissional aponta que nove em cada 10 integrantes do comitê de TI estão à procura de uma ferramenta de tecnologia para aquisição nos próximos 12 meses. Os três principais produtos e serviços prospectados são hardware, consultoria e outsourcing e software.

No passado, os sites de notícias e do setor eram as principais fontes de informação da área, mas, hoje, as redes sociais ganharam relevância. Ainda de acordo com a pesquisa, 92% dos responsáveis pela tomada de decisão utilizam esse canal para ficarem atualizados em relação às novidades, sendo que 85% recorrem ao Linkedin. Isso demonstra a importância da experiência e da indicação de outros profissionais para a opção de compra de uma nova ferramenta.

Profissionais em busca de conhecimento
A maioria (84%) do “comitê de TI” reconhece que necessita de instrução para manter ou alterar o ecossistema tecnológico da empresa, o que demonstra que os fornecedores devem estar focados em ajudar e ensinar, mas do que em vender. E 57% têm maior probabilidade de considerar um fornecedor de TI que os eduque em cada etapa do processo de decisão. Isso porque as pessoas que usam as soluções de tecnologia querem ter um lugar à mesa de negociação para a decisão final, já que serão os mais impactados pelos hardwares, softwares, databases e demais ferramentas.

O processo de decisão de compra é longo, caro e não é feito por impulso. “As empresas esperam que os parceiros estejam presentes durante todo esse ciclo de forma mais orgânica, ajudando na educação, antes mesmo de pedirem o preenchimento de um formulário. Em média, as pessoas precisam consumir cinco tipos de conteúdo antes de estarem prontas para a compra. E esse conteúdo pode ser um artigo técnico, uma pesquisa, um vídeo e outras formas”, resume Ligia Ishida, Gerente Sênior Global de Marketing no Linkedin, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Fonte: Mundo do Marketing | 20/10/2014 – renata.leite@mundodomarketing.com.br

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

82 empresas têm inscrições abertas para estágio

Para quem mira uma vaga de trainee ou estágio, confira as oportunidades disponíveis nos programas com inscrições abertas em ordem crescente de término do prazo.

Sascar – trainee
É preciso ser formado entre dezembro de 2012 e dezembro de 2014 para se candidatar. Além disso, é exigido ter inglês fluente, domínio de informática e mobilidade para residir em outra cidade ou estado durante e após o programa. Os cursos procurados são administração de empresas, ciências contábeis, ciências econômicas, estatística, economia, engenharias (automação, civil, computação, elétrica, eletrônica, produção, mecânica, mecatrônica, telecom), sistemas da informação e afins.

Salário: não informado
Inscrições: até 22 de setembro pelo site do programa

Pátria Investimentos – estágio
As oportunidades são universitários dos cursos de administração, contabilidade, engenharia, estatística, economia, física, matemática, ciências atuariais, que tenham inglês avançado. As vagas envolvem as divisões de negócios da empresa, como Advisory-M&A, Capital Management (Hedge, Equities e Crédito), Private Equity, Private Equity Infraestrutura e Private Equity Real Estate e Sales. O programa tem duração de 12 meses (o contrato pode ser renovado por mais 12 meses) e o início do estágio está previsto para janeiro/15 (ou anteriormente, de acordo com a disponibilidade da área e do aluno).

Salário: não informado
Inscrições: até 22 de setembro pelo site da Cia de Talentos.

Leia a matéria na íntegra e saiba quais são as outras empresas.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

15 de Setembro, Dia do Cliente.

Eu sou o homem que vai a um restaurante, senta-se à mesa e pacientemente espera, enquanto o garçom faz tudo, menos o meu pedido. Eu sou o homem que vai a uma loja e espera calado, enquanto os vendedores terminam suas conversas particulares. Eu sou o homem que entra num posto de gasolina e nunca toca a buzina, mas espera pacientemente que o empregado termine a leitura do seu jornal.

Eu sou o homem que, quando entra num estabelecimento comercial, parece estar pedindo um favor, esperando por um sorriso ou apenas ser notado.

Eu sou o homem que entra num banco e aguarda tranquilamente que as recepcionistas e os caixas terminem de conversar com seus amigos.

Eu sou o homem que explica sua desesperada e imediata necessidade de uma peça, mas não reclama enquanto os funcionários trocam idéias entre si ou simplesmente abaixam a cabeça e fingem não me ver.

Você deve estar pensando que sou uma pessoa quieta, paciente, do tipo que nunca cria problemas. Engana-se.

Sabe quem eu sou?

EU SOU O CLIENTE QUE NUNCA MAIS VOLTA!

Divirto-me vendo milhões sendo gastos todos os anos em publicidade e propaganda, para levar-me de novo à sua firma.

Quando fui lá, pela primeira vez, tudo o que deviam ter feito era apenas  a pequena gentileza, tão barata, de me tratar com um pouco mais de CORTESIA”.

Sam Walton, fundador do WAL MART, em discurso para seus funcionários num programa de treinamento da empresa.

“CLIENTES PODEM DEMITIR TODOS DE UMA EMPRESA, DO ALTO EXECUTIVO PARA BAIXO, SIMPLESMENTE GASTANDO SEU DINHEIRO EM ALGUM OUTRO LUGAR.“

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Os paraquedistas já começaram a cair

Véspera de eleições e novamente nos defrontamos com cenas peculiares que se tornaram rotineiras a cada quatro anos. Além dos tradicionais e insistentes políticos profissionais, ressurgem os famosos paraquedistas que caem em nossa cidade para mendigar votos. Candidatos sem qualquer identificação ou compromisso com a cidade e que se apresentam com promessas absurdas e improváveis, que não se enquadram à realidade local.

Nem bem o TSE liberou o horário político no rádio e TV e já havia pelas principais avenidas da cidade das escolas banners e folhetos de candidatos a deputado federal e estadual. Algumas figuras totalmente desconhecidas dos eleitores linenses.

Não os conheço pessoalmente e nem é minha pretensão criticá-los apenas por não residirem no município, mas é claro e evidente de que se trata de aventureiros interessados em abocanhar votos em nossa cidade. E o pior é que conseguem.

Por outro lado, existem alguns deputados não residentes em Lins que, sistematicamente, estão na cidade mostrando a “cara” em eventos públicos e que até já conquistaram verbas para o município. Entretanto, sabemos que o compromisso prioritário deles não é nossa cidade.

Já passamos do momento de eleger um candidato próprio, mesmo que ele não seja de nossa preferência. Por estar próximo à população, tem conhecimento das demandas sociais e pode buscar meios para ajudar a cidade. Consequentemente, ele terá a confiança e a credibilidade dos eleitores. Se o parlamentar vive o seu dia a dia junto da comunidade, acompanhando de perto sua rotina, torna-se mais fácil cobrá-lo. Como diria o mestre Zagalo, “vamos ter que engolir”.

Muitas outras cidades de maior porte que a nossa sofrem do mesmo mal e podemos atribuir boa parte desse fato àquele grupo denominado de analfabetos políticos. Numa definição básica, o analfabetismo refere-se ao indivíduo que não consegue identificar o alfabeto e as regras gramaticais, o que o impossibilita entender uma leitura. Dessa forma, ele se torna presa fácil para os oportunistas de plantão e acaba por eleger um candidato por influência alheia, num gesto de total desconhecimento da importância do voto consciente.

O analfabetismo político é o mais prejudicial à sociedade, pois, da mesma forma que um eleitor analfabeto é facilmente iludido por falsas promessas, também pode eleger parlamentares sem o menor preparo ou conhecimento das leis, direitos e deveres da constituição. E quem paga por isso somos nós.eleitor

O voto consciente ainda é o melhor meio de fortalecermos a democracia e onde as pessoas expressam sua vontade ao elegerem representantes que tomam as melhores decisões em nome daqueles que os elegeram. Isto é o que definimos por democracia representativa, em que o poder de tomar decisões políticas importantes está com o cidadão, por meio de seus representantes eleitos.

Pense em sua cidade e vote consciente.

Vorlei Guimarães – 20/8/14

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter