5 cargos mais procurados em Marketing e comunicação

Mercado editorial dita o ritmo das contratações no primeiro trimestre, seguido pela indústria de bens de consumo não duráveis. Editores de livros foram os mais demandados

Por Renata Leite, do Mundo do Marketing | 13/05/2014 – renata.leite@mundodomarketing.com.br

 Os profissionais mais procurados pelo mercado nas áreas de Marketing e comunicação neste primeiro trimestre foram os editores de livros e os analistas de Marketing para editoras, segundo levantamento da Page Personnel. O aumento da disputa pela venda de publicações ditou o ritmo das contratações, de acordo com a consultoria. Houve abertura de vagas também no setor de bens de consumo não duráveis, segundo o banco de dados da recrutadora.

Foi registrado um aumento de 30% na procura por editores de livros. As empresas buscam profissionais qualificados para o cargo, com boa bagagem cultural e perfil dinâmico, que consigam se adaptar rapidamente a mudanças de cenário. O salário médio para um cargo pleno é de R$ 5 mil.

Esse mercado também busca profissionais capazes de melhorar a estratégia de divulgação de seus produtos. Houve um aumenta de 30% na demanda por analistas de Marketing que possam interferir no ponto de venda, analisar o mercado e a concorrência para identificar a melhor estratégia de posicionamento. O salário médio pleno é de R$ 4,2 mil.

O setor de bens de consumo aparece na terceira e quarta posições em contratação. A indústria está em busca de profissionais para vendas off trade, que tenham experiência no varejo ou com distribuidores, com boa capacidade de negociação. O aumento na demanda no trimestre também foi de 30%. O salário médio é de R$ 5 mil, além da comissão.

O cargo para vendas on trade aparece em quarto lugar, com busca por vendedores que tenham habilidade para relacionamento com os clientes. Houve um crescimento de 30% nas vagas. A remuneração média é de R$ 4 mil, além da comissão.

Em quinta posição, aparece o analista de reconhecimento, buscado por empresas de venda porta a porta, que querem motivar seus representantes. O aumento na demanda foi de 15%, com salário médio oferecido do R$ 6 mil.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *